Gratidão, Um Simples Mas Poderoso Remédio para a Depressão - Como tomar Atitudes Que te Dão Poder
Home / Geral /

Gratidão, Um Simples Mas Poderoso Remédio para a Depressão

Gratidão, Um Simples Mas Poderoso Remédio para a Depressão

Gratidão, Um Simples Mas Poderoso Remédio para a Depressão

Hoje, se você olhar para a sua vida, você consegui perceber motivos para agradecer por ela? Você consegui perceber os inúmeros bem que você conquistou e ser grato por eles? Ou você me diria de modo seco e frio: “eu não tenho nada pelo para agradecer”

Atendendo pessoas deprimidas e ansiosas individualmente, existe algo que é muito comum em suas atitudes. Estas pessoas não conseguem perceber nada de bom em suas vidas, para que seus corações sejam gratos.

 

Sementes-Para-Plantar-5

Exercício “Sementes da Gratidão”.

Depois da sessão inicial, onde as conheço e passo a conhecer seus objetivos. De vez em quando Peço a elas para fazerem o exercício da semente da gratidão: onde dou a elas uma folha com alguns círculos desenhados e é dado um comando para que elas escrevam neste círculos tudo aquilo pelo qual elas deveriam ser gratas. No máximo duas palavras para cada semente.

Sendo que nesta folha A4 há 55 sementes, para serem preenchidas em até 6 minutos, dá uma média de 6 segundos e meio para cada semente. Nunca ninguém conseguiu preencher todas as sementes.

Interessante é ver o olhar de desânimo em muitos rostos frente ao desafio. Logo vem a pergunta: “Mas é para preencher tudo isso?”

Elas não conseguem enxergar nada para serem gratas.

Raramente uma pessoa preenche, mais de 25 semente, a grande maioria das pessoas, preenche entre 10 e 15 sementes. E a outra parte com grande pesar conseguem preencher 5 sementes.

Depois de preencherem peço a elas, que façam uma declaração de gratidão por cada uma daquelas sementes. Aí é que complica mesmo. Elas falam de forma mecânica, sem contentamento e sem verdade nas palavras. Então pergunto a elas: “você acredita em Deus?” a maioria responde que sim, então peço a elas: “faça uma oração de gratidão a Deus por tudo que ele tem te dado”.

A maioria se recusa, elas dizem que serão hipócritas em fazer esta oração, pois para elas, naquele momento não há motivo algum para agradecer, pois a situação que elas estão passando é muito difícil, algumas estão extremamente magoadas com Deus. E por ai vai.

Desta forma, eu chego a uma conclusão, que as pessoas que estão em estado depressivo, não conseguem exercitar a gratidão em suas vidas, mesmo quando são estimuladas a isso.

As que conseguem escrever motivos pelo qual serem gratos, citam dois a três nomes de pessoas e depois começam a citar seus bens e situações como emprego e negócios. Mas o número de pessoas pela qual elas são gratas, são ínfimos.

 

Crying

A História de Valéria

Deixa eu contar a história de Valéria, eu passei a lhe atender on-line, primeiro ela se recusou a ligar câmera, eu disse que precisava lhe ver, como forma de melhor me conectar a ela, pelo menos nas sessões iniciais, mas ela se recusou, havia nela uma timidez imensa.

Valéria havia sido criada dentro de um lar, onde os pais se separaram. Ela disse que eles a amavam, mas ainda ela tinha muito forte em suas memórias as brigas e agressões dos seus pais.

Após a separação, ela foi morar com a sua mãe, ela dificilmente via seu pai. E isto lhe entristecia muito. Sua mãe de todas maneiras, tentava amenizar a situação, dizia que as coisas não haviam dado certo entre eles, mas que os dois e principalmente o seu pai a amava muito.

Mas ficava uma pergunta no ar: – “Por que ele não vem me visitar?”

Quando ele vinha, ela se agarrava nele, não queria que ele fosse, mas apesar de ser amável, o tempo investido na relação pai e filha era muito pequeno.

Tempo depois ela descobriu que ele tinha uma nova família e que ela tinha duas irmãs. Ao conhece-las ela se sentiu trocada e diminuída. Apesar do apoio da mãe em fazer ela entender e aceitar aquela situação, ela não conseguiu, entrou num estado depressivo, que a levou a um isolamento. Isto começou aos 14 anos.

Hoje com 19 anos, Valéria possui dificuldade em se relacionar, a maior parte do tempo ela fica isolada. Ela possui um ciúme doentio da mãe, que impede sua mãe em ser feliz em seus relacionamentos e, além disso, ela não quer mais se relacionar com o pai.

Numa das sessões apliquei a dinâmica das “sementes da gratidão” ela preencheu cerca de 07 (sete) sementes, as únicas pessoas que ela colocou foi a sua mãe e uma amiga distante que de vez em quando ela conversava pela internet.

O resto foi um animal de estimação e alguns bens (celular, seu quarto e uma duas bandas que ela é fã e só).

Pedir para ela fazer uma declaração de gratidão por cada uma daquelas sementes. Ela se recusou, eu perguntei o porquê da recusa, ela não soube me explicar, pelo quê, ela acabou concordando em fazer.

Mas isto, sem vida alguma, sem paixão e sem desejo de realmente ser grata por cada uma daquelas coisas. Então pedi para ela fazer uma oração, ela imediatamente se recusou, dizendo que Deus a havia abandonado há muito tempo.

 

Cure-a-ressaca-Sucos-para-desintoxicar-e-reidratar

A Cura

Foi quando lhe expliquei que a depressão lhe impedia de ser grata, que não dava para ser deprimida e grata ao mesmo tempo, uma coisa ou outra ela deveria escolher. Porque na verdade, como dizia Goethe “Ingratidão é uma forma de fraqueza”.

A ingratidão lhe deixava doente, fizemos outros exercícios para estabelecer novamente em seu coração o hábito da gratidão, mas não de uma gratidão mecânica e sim de uma gratidão que brota na Alma. Que faz o corpo vibrar, que nos leva a acordar de manhã e sentir o sol com o coração grato. É sentir o cheiro do café e ficar feliz simplesmente por isso e com o coração grato, agradecer a quem o fez. É respirar fundo e se sentir vivo, alerta e presente.

Estes exercícios fez com que a Gratidão fosse restabelecida, e isto fez com que ela assumisse a responsabilidade pela sua vida, fez com que ela entendesse, que para ser feliz ela não precisava de mais de nada, que ela não precisava voltar no tempo e fazer com que seu pai morasse no mesmo teto que ela e sua mãe, ela não precisava fazer com que as suas irmãs tivessem que ter nascidas “homens”, para que ela continuasse a ser a única filha. A gratidão lhe dizia, que ela tinha tudo para ser feliz.

Quando somos gratos, aquilo que temos, pode ser até pouco, mais é o suficiente para sermos felizes e prósperos.

Logico que outras áreas foram tratadas em sua vida, durante as sessões, mas a gratidão teve um papel fundamental em fazer ela entender, que era possível ser feliz “agora” (naquele momento), com o que ela tinha, não com o que ela desejava alcançar.

E uma mudança radical começou a acontecer na sua vida. Primeiramente com a sua mãe. Aquele ciúme doentio que ela tinha com relação a sua mãe, começou a desaparecer. Ela passou a agradecer a Deus pela vida da mãe que tinha. E principalmente, ela conseguiu escrever uma linda carta de gratidão que tocou profundamente o coração da sua mãe. Com o seu Pai (além de técnicas relacionadas ao perdão) ela também escreveu uma carta de gratidão, que fez ressurgir toda a amizade e companheirismo que a tempo havia desaparecido, inclusive uma pequena amizade já começou com as suas irmãs.

O Isolamento desapareceu, sua mãe ficou muito assustada quando Valéria chegou com duas amigas na casa dela.

Eu te conto esta história para te lembrar que a gratidão opera verdadeiros milagres.

 

31f0145

A Gratidão Cura a Depressão

Devido as minhas próprias experiências atendendo pessoas deprimidas, ansiosas e angustiadas, eu conseguir perceber que a gratidão era algo inexistente em suas vidas. Logo passei a utilizar inúmeros exercícios que estimulasse estas pessoas a serem gratas, pois comecei a entender, que a medida que elas eram gratas, mais felizes e seguras de si elas ficavam. Era possível o milagre da cura acontecer em suas vidas.

Sendo que recentemente eu li sobre um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, onde eles chegaram à conclusão de que ser grato pelas pequenas coisas da vida pode causar grandes mudanças – inclusive cerebrais. Um artigo publicado no jornal científico NeuroImage atesta que, depois de poucos meses exercitando sua gratidão por meio da escrita, seu cérebro passa a se sentir ainda mais condicionado a ser grato. E isso traz benefícios. 

Sendo que o efeito de “exercitar a gratidão” é realmente duradouro: seja duas semanas ou três meses depois da experiência, é como se a massa cinzenta se “lembrasse” do comportamento carinhoso e passasse a agir mais dessa forma. A pesquisa compara esse treinamento a fazer exercício físicos: quanto mais você pratica a gratidão, mais propenso estará a senti-la espontaneamente no futuro. Conforme o artigo: Isso ajuda a diminuir a depressão e a passar mais tempo com aquele calorzinho bom, de se sentir feliz com a ajuda de alguém.

A gratidão nos deixa propenso a receber mais, a gratidão diz a Deus que acreditamos nele e que ele é poderoso para nos dar mais. Já a ingratidão diz que você não receberá mais nada. Para quê então agradecer.

 

prosperity-every-day-affirmations

A Gratidão te Dar Mais.

Agora irei lhe contar uma história bíblica que deixa muito claro isto que acabei de falar. Certa vez Jesus curou 10 (dez) leprosos, eles tiveram a sua pele restaurada e a doença incurável naquela época desapareceu.

Sendo que dos 10 (dez) apenas um voltou para agradecer, os outros 09 (nove) foram curtir a vida, pois agora eles poderiam andar livremente no meio das pessoas, algo que era impossível em outrora.

Mais um resolveu voltar. Então Jesus perguntou pelos outros nove, pois Jesus esperava gratidão de todos eles, já que ele tinha interesse em abençoar ainda mais cada um daqueles “ex-leprosos”, mas apenas um voltou para agradecer, pelo que Jesus lhe deu algo ainda maior, ele lhe deu “Salvação” (cura da alma, absolvição de suas culpas). Ao dizer: “Levanta-te e vai, a tua fé te salvou”. Algo que os outros não receberam por não terem sido gratos.

Quando somos gratos recebemos mais, Deus tem interesse em nos dar, para tanto ele espera apenas gratidão da nossa parte, para que o milagre vá crescendo ainda mais em nossa vida.

Sendo assim a Ingratidão bloqueia a corrente de milagres em nossa vida, a ingratidão transmite uma ideia de escassez, passa uma sensação de que você não tem nada, logo vem a pergunta: – “por que ser grato?”.

Certa vez uma pessoa da minha igreja queria muito um terno preto, pois haveria uma apresentação na igreja e ele para participar deveria entrar de terno. Então eu doei o meu terno preto para ele, ele era usado, eu havia ganhado em um aniversário, já um tempo atrás. Ele ao receber o terno o abraçou e chorou, disse que ele sempre teve um sonho de ter um terno, ele apertou calorosamente a minha mão e me disse obrigado umas três vezes.

Aquele terno usado para ele era um “Armani”, ou um Aramis, ainda com aquele cheiro de roupa nova. A gratidão faz isso, transforma as coisas mais simples e banais em tesouros raros. E ao transmitir esta ideia, mas tesouros reais virão para a nossa vida.

A gratidão transforma aquela refeição simples de cada dia em um baquete refinado, transforma a presença de uma pessoa querida em um atmosfera de profundo amor e respeito, e por fim, transforma uma vida monótona e triste em uma experiência cheia de aventura e alegria.

Normalmente termino os meus textos com uma oração, mas desta vez gostaria de lhe motivar, a você mesmo escrever a sua oração. Com certeza você tem motivos para ser grato, você tem muitas coisas para agradecer a Deus, portanto neste momento, exercite a gratidão fazendo uma oração de agradecimento a Deus, pelos seus muitos benefícios e um verdadeiro milagre vai acontecer na sua vida…

 

Na paz,

 

Joazi

P.S.: Na medida do possível, compartilhe este texto, basta clicar no botão abaixo, muitas pessoas precisam saber disto e por fim, deixe o seu comentário abaixo, irei ler e responder cada um deles.

 

Share this article

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.