Uma Técnica Para Vencer a Depressão Sem Remédio (Parte 03)
Home / Geral /

Uma Técnica para Vencer a Depressão Sem Remédios (Parte 03)

Obrigado pela paciência em ler os dois outros artigos, a saber, a parte 01 e 02, agora chegou a hora de aprendermos a técnica. A harmonização cardíaca foi descrita pela primeira vez em 1992 pelo médico Dan Winter e tornou-se conhecida mais recentemente graças ao Instituto de HeartMath em Boulder Creek, Califórnia. Eles desenvolveram e pesquisaram uma série de técnicas e aplicações práticas, também conhecida como coerência cardíaca.

Coerência-cardíaca-700x325

Finalmente a Técnica

A prática da Harmonização Cardíaca traz para si muito da sabedoria milenar, das técnicas tradicionais usadas em meditação, como atenção, reflexão e relaxamento.

Para começar volte a atenção para o seu interior. Antes de tudo, você deve pôr de lado suas preocupações, por alguns minutos. Você precisa se manter à margem dessas preocupações para poder dar ao seu coração e ao seu cérebro um tempo para que possam recuperar o equilíbrio e a intimidade.

A melhor maneira de fazer isso é começar inspirando, profundamente, três vezes. Fazendo isso, você irá estimular imediatamente o sistema parassimpático e começar a aplicar, de leve, o “breque” fisiológico.

Para que este efeito seja mais forte, sua atenção deve permanecer focalizada na respiração até que tenha terminado de exalar, e, então, você deve ficar sem respirar durante alguns segundos antes de inspirar novamente. A questão é deixar sua mente se mover com a expiração até que ela se torne leve e suave dentro do peito.

Inúmeras vezes acompanhei algumas pessoas fazendo o processo de harmonização, então ao dizer a elas para que ficassem sem respirar por 04 segundos antes de inspirar, elas se agoniavam, a ansiedade era muito grande, mas com o tempo elas começaram a fazer de forma leve e espontânea.

As práticas de meditação oriental em geral sugerem a concentração na respiração durante o maior período de tempo possível, mantendo a mente vazia, já na harmonização para que seus efeitos sejam os maiores possíveis, você deve centrar sua atenção na região do coração depois que a respiração se estabiliza.

Você precisa sentir o seu coração bater, dizendo que você está vivo, que você está presente. Que você está aqui e agora.

Nesse segundo estágio, imagine que você está respirando através do coração (ou do centro do seu peito, se você ainda não é capaz de sentir seu coração diretamente) . Enquanto continua respirando lenta e profundamente (mas sem esforço), visualize – e realmente sinta – cada inspiração e cada expiração passando por essa parte-chave de seu corpo. Imagine que cada tomada de oxigênio nutre seu corpo e cada expiração o livra dos resíduos de que ele não mais precisa.

Imagine o movimento lento e dócil da inspiração e da expiração, que banham o corpo com esse ar purificador e calmante. Imagine que este processo está ajudando seu corpo a usufruir da dádiva da atenção e do carinho que ele está recebendo de você. Você pode visualizar seu coração como uma criança em um banho de água morna em que bóia e brinca livremente, à vontade, sem restrições ou obrigações.

249788_314909445273603_1939472196_n

Como uma criança amada que esteja brincando, você só lhe pede para ser ela mesma. Você a observa feliz, porque você sabe que a sua criança também é feliz, porque você a alimenta com um ar calmo e envolvente.

O terceiro estágio consiste em tomar consciência da sensação de calor e expansão que está se desenvolvendo em seu peito, e em cuidar dela e encorajá-la com seus pensamentos e sua respiração.

Volto a repetir, diferente da meditação transcendental, onde não se pensa em nada e procura-se a todo custo esvaziar a mente, a Harmonização precisa de pensamentos de paz, gratidão e principalmente de Amor. Neste momento, o seu coração queima, ele está vivo, ele está sendo observado por você.

Esse sentimento é com freqüência tímido no início e emerge discretamente. Após anos de maus-tratos emocionais, o coração é como um filho esquecido e desconfiado, você enquanto pai quer mudar, quer dá atenção, mas o filho ainda está um pouco arredio. No início ele sente os primeiros sopros quentes do ar do dia primaveril. O ar frio da solidão da noite começa a desaparecer. Seu coração está aquecido de atenção. Você está vivendo o presente.

Anestesiado e incerto, seu coração começa a se abrir, ele vai se expandindo, você o percebe de forma mais intensa, seu peito queimando de vida.

coração

O Poder da Gratidão

Uma forma de aumentar ainda mais esta sensação, é encorajar o seu coração, se apegando a um sentimento de reconhecimento e gratidão.

Seja grato. Existe muito pelo que agradecer.

Seu coração se anima com a gratidão. Quando você é ingrato, você está dizendo que aquilo de bom jamais acontecerá de novo, então por que ser grato? Mas quando você é grato você está dizendo que uma coisa boa aconteceu a você e muitas outras coisas boas acontecerão vindas da mesma fonte da qual você é grato.

Seu coração se alegra com a gratidão, é como se você o deixasse alerta para receber mais e mais contentamento.

Por fim, o nosso coração é particularmente sensível à gratidão e a quaisquer sentimentos de amor, quer sejam por outro ser humano, um objeto, ou mesmo pela ideia de um Deus benevolente. Para muitos, é suficiente pensar no rosto de uma criança amada ou em um animal de estimação.

Para outros, uma paisagem de paz na natureza traz a sensação de gratidão interna. Para você, talvez a gratidão interna surja da memória de uma proeza física – a alegria desmedida de um gol, a vitória em uma competição ou o reconhecimento por uma grande conquista.

Sendo que durante esse exercício, talvez você venha a notar um sorriso manso surgir nos seus lábios, como se ele tivesse se espalhado a partir de uma luz dentro do peito. Esse é um simples sinal de que a coerência foi estabelecida. Outros sinais incluem a sensação de leveza, calor ou expansão dentro do peito.

Em um estudo publicado pelo American Journal of Cardiolo- gy, o dr. Watkins e pesquisadores do Instituto HeartMath demonstraram que o simples ato de recordar uma emoção positiva ou imaginar uma cena agradável rapidamente provoca uma mudança na variabilidade do batimento cardíaco para uma fase de coerência. A coerência no ritmo cardíaco afeta o cérebro emocional, assegurando estabilidade e sinalizando que tudo está funcionando bem fisiologicamente.

07

Falando com o Coração

Quando fazemos isso o cérebro emocional reage a essa mensagem reforçando a coerência cardíaca. A influência recíproca cria um círculo “virtuoso” que, com pouca prática, pode levar a um estado de coerência máxima que pode durar trinta minutos ou mais. A coerência entre o coração e o cérebro emocional estabiliza o sistema nervoso autônomo, tanto o simpático como o parassimpático. Tendo alcançado um estado de equilíbrio, estamos prontos para enfrentar todas as contingências da vida. Simultaneamente, temos acesso à sabedoria do cérebro emocional – sua “intuição” – e às faculdades de reflexão, raciocínio abstrato e planejamento do cérebro cognitivo.

Quanto mais treinamento tivermos no uso dessa técnica, mais fácil será induzir a coerência. Uma vez acostumados a esse estado interno, nos tornamos capazes de falar direto, por assim dizer, ao coração. É como se disséssemos: Se acalme, está tudo bem, você está vivo, você está comigo.

Ao mesmo tempo, concentração demais nos aspectos técnicos do método pode se tornar um obstáculo. Como descrito acima, o método é bastante simples, comece inspirando de forma profunda por três vezes e siga os três passos: atenção, reflexão e relaxamento. Não se atenha a detalhes, apenas entenda e pratique. Quinze a trinta minutos.

Eu já demonstrei este método para muitas pessoas. E inclusive para pessoas que levam muito a sério suas vidas espirituais. Algumas delas tiveram dificuldade em atingir uma harmonização ótima, mesmo em uma sessão acompanhada por mim de forma presencial.

Praying Woman

O Poder da Oração

Então normalmente sugiro a estas pessoas que orem (ou rezem), com a alma e com o coração. Conforme estas pessoas oravam, rapidamente elas começavam a experimentar o calor e o bem-estar em seu peito, que parecia corresponder ao que eu tinha descrito. Eu sempre digo que esta pessoa finalmente encontraram a “Farinha dos Profetas”, que falo no início deste texto.

Mas você pode me dizer, que já orou inúmeras vezes e nunca sentiu isso, ou sentiu vagamente há muito tempo atrás. A verdade é que quase ninguém ora hoje em dia. A pessoa para, no intuito de fazer uma prece, Ela dobra o joelho ou senta na cama, para de repente viajar com inúmeros pensamentos de preocupação, de tristeza ou vil banalidade.

Mas quando oramos buscando a Deus, quando oramos no intuito de se conectar a essência de nossa vida, não meramente por religiosidade ou para cumprir tabela de uma tradição familiar que ainda te assola. O milagre acontece, nós encontramos a “farinha dos Profetas”.

É como se o nosso corpo finalmente encontrasse o seu pai, este encontro com o criador acalma a alma, proporciona uma queda na pressão sanguínea, semelhante a um índice igual ao que seria esperado se você tivesse perdido dez quilos e duas vezes maior do que se tivesse feito uma dieta livre de sal. O Corpo Rejuvenesce, a porcentagem de DHEA (deidroepiandrosterona) – o assim chamado “hormônio da juventude” – dobra e a porcentagem de cortisol – o hormônio quintessencial do stress, associado a aumentos da pressão sanguínea, ao envelhecimento da pele e à perda da memória e do poder de concentração6 – cai imediatamente.

Estes são alguns dos resultados positivos que a Harmonização Cardíaca-cerebral pode provocar depois de um mês de prática por 15 a 30 minutos diário cinco vezes na semana, segundo o cientista Damásio.

Você que sempre ler os meus textos, sabe que este artigo é diferente dos demais, pois trazem muitos nomes técnicos e científicos, mas faço isso, porque quero te mostra a cientificidade desta proposta. Quero te dizer que isto não é puramente crendices, mas é uma verdade que o Rei Davi a muitos anos atrás já cantava dizendo: “Como a Corsa Suspira pelas águas, a minha alma tem sede de ti”. Seu corpo suspirava para ter um encontro com o seu Criador. Ele respirava de forma profunda, suspirando por Deus.

Davi ao descobrir esta verdade, conseguiu conversar consigo mesmo. Pois existem dias que o Sol brilha forte, um vento ameno toca a nossa pele, tudo está bem. Mas dentro do peito existe uma alma estilhaçada, um espírito agitado e várias ondas de pensamentos conturbados. Nestes momentos Davi falava: “porque estás abatida oh minha alma, porque te agitas dentro de mim”? É como se ele dissesse para si mesmo, não há motivo para esta tristeza, não há motivo para se esconder do sol, não há motivo para deixar de sorrir. Espere mais um pouco que o teu salvador virar, eu vou encontra-lo. Você está precisando dele para se acalmar.

O que realmente faz a diferença em nossas vidas, não é aquilo que fazemos esporadicamente, mas sim aquilo que fazemos sempre. São os nossos hábitos que definem o que somos. Portanto faça um teste, coloque na sua dieta diária esta “farinha” todos os dias. Coloque em prática a Harmonização e me escreva falando sobre os seus resultados.

Compartilhe este texto com mais pessoas, clicando no botão abaixo, muitas pessoas podem estar precisando colocar em prática esta técnica. E por favor, na medida do possível comentem este texto.

 

Obrigado pela atenção,

 

Na paz,

 

Joazi.

Share this article

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.